O que te define como mãe?

Semaninha corrida pessoal desculpem pela lacuna em um blog tão novo. Mas acho que todo mundo entende que tem dias que a vida parece que acelera mais ainda e começa a nos atropelar. Mas… deixe isso pra lá e vamos lá. Estava me lembrando aqui nas conversas que tenho com uma das minhas melhores amigas. Como toda mãe atenciosa ela se cobra e cobra muito em quem ela é como mãe? Se está fazendo certo ou errado, se poderia fazer desse ou daquele jeito. Sinceramente? Acho que isso é uma duvida que todas as mães vão ter o resto da vida, ninguém vem com manual de instrução então você erra acerta mais se houver amor. Muito amor, pode ter certeza você já acertou em 80% das vezes. Calma, não me condenem eu digo o que são os outros 20%. Eu acho que uma mãe tem que amar, mas não pode ser omissa, acho que tem que ser paciente, mas não pode ser indiferente. Todo mundo precisa de ética, caráter e limites, não crie seu filho acreditando que só o amor basta e feche os olhos para os erros que devem ser questionados e até mesmo punidos. Se você quer criar alguém melhor que você, mais justo, mais humano, mais correto, por favor corrija-o faça dele um ser humano de olhos abertos, que não vai julgar o outro, que não vai esconder seus próprios erros e apontar defeitos em outras pessoas. Afinal, defeitos todos nós temos, faça você um ser humano mais coerente, justo, bom, honesto e cidadão. Ensine a ele que o mundo é único, ensine que as pessoas tem o direito de serem ou fazerem o que quiserem desde que respeitem o espaço do próximo, ensine que não é porque a outra pessoa é diferente que ele tem que tratá-la com desrespeito, diga também que ele pode ser quem ele quiser que é só acreditar e tenha certeza o teu melhor você já fez.

E pra você amiga que ainda acha que não atingiu seu melhor, dá uma olhada nesse vídeo.